12. setembro – 12. dezembro 2013

Fundaçao Brasilea - Anniversario Retrospectivo

A Fundação Brasilea foi inaugurada am 22 de setembro de 2003 em Basel/Basiléia.

De seu benemérito iniciante, Walter Wüthrich, partiu a idéia de promover o intercâmbio cultural e artístico entre a Suíça e o Brasil através de um Centro Cultural, a ser posta em prática com exposições e outros eventos – os quais têm alcançado uma crescente popularidade.

O ponto de partida da Fundação é constituido pela coleção permanente de obras de Walter Wüthrich, com quadros do artista plástico Franz Josef Widmar e diversos objetos de arte, acervo este que se encontra exposto separadamente no primeiro andar do edifício da Fundação.

Desde sua inauguração, a Brasiléa vem mostrando arte brasileira contemporânea em pintura, desenho, fotografia, escultura, objetos vários e mídia. Tudo criado por artistas que têm o Brasil como moradia ou como origem; além de outros que, vivendo no exterior, se ocupam com contextos brasileiros. Surgiu assim uma interessante mescla de retratos do país a nível nacional e internacional.

Ao ensejo do décimo aniversário da Fundação, apresentamos sob forma de um „jogo da memória“ um interessante panorama das 42 exposições já realizadas, permitindo recordar a história e o desenvolvimento da Brasilea em imagens de fácil acesso.

A visão conjunta dessas obras selecionadas e uma comparação das mesmas com a coleção permanente de Walter Wüthrich promete confrontos estimulantes, a constatação de paralelismos, assim como novos enfoques e idéias. Também no futuro, a nossa interessante tarefa como curador será a de lidar com o panorama artístico e cultural expressamente brasileiro. É mister sempre de novo descobrir o movimento das artes e da cultura do Brasil moderno, apresentando-o ao público interessado sob forma de eventos e exposições.

Nossa meta é fazer com que a Fundação Brasilea continue desenvolvendo-se como fascinante e competente centro de divulgação na Europa, especializado nas artes e na cultura brasileiras. Nesse sentido, a Brasilea deverá ser cada vez mais um ponto de encontro de jovens e velhos, onde uma variedade de temas da atualidade também possa atrair a curiosidade de todo o restante público que até aqui ainda não conhecia a nossa instituição.

A alta qualidade dos artistas expostos, juntamente com a fé na continuidade, a longo prazo, da Fundação Brasilea, é o que impulsiona os nossos esforços.

Desejo aqui externar os meus sinceros agradecimentos a todos os membros do Conselho de nossa Fundação, aos nossos patrocinadores e benfeitores, aos membros e amigos da Brasilea, à minha equipe, aos numerosos visitantes e a todos os que nos deram seu apoio nestes últimos dez anos.

Daniel Faust

Diretor