08. junho 2016

Brasilea News - junho 2016

Primeira Exposição Itinerante „Boris Kossoy – Imago“, realizada em Roma

Aconteceu em Roma em 11 de maio de 2016, com mais de 150 convidados presentes, a vernissage da primeira Exposição Itinerante da Fundação Brasilea, de Basel. O Embaixador do Brasil, Dr. Ricardo Neiva Tavares e o diretor Daniel Faust da Fundação Brasilea, de Basel, inauguraram esta primeira mostra itinerante da Brasilea diante de um público internacional.

Nos salões da Galeria Cândido Portinari da Embaixada do Brasil no Palazzo Doria Pamphilj (Piazza Navona 10) na capital italiana, foram apresentadas 42 obras de Boris Kossoy, consagrado fotógrafo, publicitário, autor e professor universitário brasileiro. Mais de 1.600 pessoas procedentes de diversos países visitaram a mostra no período de 12 a 27 de maio de 2016. As etapas que seguirão estão em planejamento mediante contatos com Atenas, Barcelona, Bruxelas e Lisboa.

Esta mesma exposição, realizada no ano passado na Brasilea e expondo um total de 88 obras, proporcionou um panorama dos 50 anos de produção de Boris Kossoy, um dos mais destacados artistas contemporâneos especializado em fotografia. Cada uma de suas fotos documenta ao mesmo tempo o óbvio e o oculto. Magia, mistério e reminiscências estão sempre próximas. Boris Kossoy dá ao expectador a oportunidade de participar dessa sua interpretação fora do comum de cenas do cotidiano, que lhe deu fama mundial.

O diretor Daniel Faust, de Basel, está assim concretizando um sonho de caráter transatlântico, seu e de seus associados – a Embaixada do Brasil em Berna, o Ministério da Cultura do Brasil e o Banco J. Safra-Sarasin: o de levar as exposições de arte brasileira, planejadas e lançadas em Basel, ao encontro de um público de outras metrópoles culturais da Europa. „Uma vez inaugurada a mostra em Basel, o conceito inicial é mantido também por meio de um catálogo trilingüe. Nossas exposições, ao atravessarem o oceano e chegando até Basel, estão predestinadas a depois seguir viagem. Sentimo-nos, pois, orgulhosos e felizes por ter realizado este primeiro grande passo em Roma.“

A previsão é de três a quatro temporadas ao ano com diferentes mostras brasileiras, todas com estréia na Fundação Brasilea em Basel.

A cooperação internacional em apresentações de artes plásticas é uma grande especialidade da Fundação Brasilea liderada por Daniel Faust. Sob sua batuta poderá ser visitada durante os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, a exposição „Rio Naïf et les Jeux Olympiques“ no Consulado Geral do Brasil em Genebra.

Durante a ART Basel de 13 a 18 de junho deste ano, será apresentada na Fundação Brasilea a mostra „Saint Clair – Esculturas“ do artista brasileiro Saint Clair Cemin em cooperação com a galeria Mais Um . E por outro lado, durante a Feira de Artes „ArtRio de 28 de setembro a 2 de outubro de 2016, haverá no Rio de Janeiro uma exposição com coletânea organizada pela Brasilea. Assim, a equipe da Brasilea segue os passos de seu patrocinador Walter Wüthrich, cultivando o intercâmbio cultural a nível internacional a partir da cidade de Basel na Suíça.